13/02/2011

New beginning - part 2


Como eu dizia no post anterior, a vida tranforma-se e vai nos tranformando com ela.

Um dia, a vida soube-me mostrar o  amor (pelo menos, aquele que pode ser apelidado como tal até agora).

Com esse amor, aprendi a saber esperar, a alimentar-me do hoje, a não pensar nem desesperar com o amanhã, a acreditar que se o coração teima é porque vale a pena acreditar que não é uma teimosia vã.

Com esse amor, aprendi a trocar a certeza do Amanhã pela "degustação" do Agora, a viver cada pedacinho de tempo com mais intensidade, aproveitando cada gesto e cada palavra para alimentar a teima deste meu coração.

Valeu a pena! Às vezes, consigo sentir mesmo a sensação de "missão cumprida".
Valeu incrivelmente a pena.

Entretanto, a vida ensinou-me a ser feliz! :)

Sem comentários: